Luis Fernando Verissimo continua em estado grave, diz boletim médico

Médicos ainda não sabem o que gerou infecção generalizada no escritor, mas informou que resposta ao tratamento foi favorável

Rio Grande do Sul -  O Hospital Moinhos de Vento, de Porto Alegre (RS), divulgou na manhã desta sexta-feira boletim médico sobre o estado do escritor Luis Fernando Veríssimo. “O paciente encontra-se em estado ainda grave, dependente de ventilação mecânica e hemodiálise. Continua sob efeito de sedação e vem apresentando uma resposta clínica satisfatória às medidas instituídas”. 

Foto: Divulgação
Segundo a instituição, Verissimo, de 76 anos, respira com ajuda de aparelhos | Foto: Divulgação

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira, o superintendente médico Nilton Brandão afirmou que o fato positivo é a resposta favorável em relação ao quadro que levou ao tratamento e que está sendo estudada a origem da infecção generalizada. O escritor, de 76 anos, foi internado na quarta-feira.

“O paciente segue necessitando de aparelhos, porém com sinais de resposta ao tratamento a partir do final da manhã desta quinta-feira", informou o boletim assinado pelo médico Eubrando Silvestre Oliveira, coordenador Médico do CTI do Hospital Moinhos de Vento.

De acordo com familiares, o escritor acreditava que estaria com uma gripe enquanto estava no Rio. Há cerca de uma semana, quando retornou ao Rio Grande do Sul, os sintomas pioraram. Verissimo fez exames, mas seu estado piorou.

Contos e humor

Considerado um dos literatos mais importantes do Brasil, Luis Fernando Verissimo escreve em diversos jornais. Tem dezenas livros publicados, com textos voltados para os gêneros conto e humor. Entre as histórias mais conhecidas estão o detetive "Ed Mort" e "Analista de Bagé". Publicações recentes que fizeram sucesso foram "Comédias para se ler na escola" e "As mentiras que os homens contam".