Cristiano Ronaldo tem traumatismo na face após cotovelada e é dispensado da seleção portuguesa

Do UOL, em São Paulo

O atacante Cristiano Ronaldo foi dispensado nesta segunda-feira da seleção portuguesa em função da lesão que sofreu no olho esquerdo último domingo, em jogo do Real Madrid, pelo Campeonato Espanhol.

O jogador foi avaliado pelo departamento médico da equipe nacional portuguesa, que detectou que o atleta tem um “um traumatismo craniofacial com ferida na pálpebra e compromisso ocular”. Assim, ele não jogará amistoso contra o Gabão, na quarta-feira.

O craque levou uma cotovelada de David Navarro aos três minutos, sangrou muito e teve que ser atendido, mas permaneceu no gramado e fez um gol. Depois, foi substituído e nem voltou dos vestiários. No lance da cotovelada, aliás, o árbitro não marcou nem falta.

“Tem tonturas, perturbações de visão e dores de cabeça. Não fazia sentido sujeitá-lo a esta viagem, até porque nestas situações há um período crítico de 72 horas”, falou Henrique Jones, médico da seleção portuguesa, ao jornal "A bola".

A lesão, no domingo, assustou o técnico do Real Madrid, o também português José Mourinho. “No início do primeiro tempo, ele perdeu um pouco da visão do olho esquerdo, mas no intervalo, já não conseguia enxergar direito com nenhum dos dois. Era impossível que ele continuasse em campo. Quando chegarmos a Madrid, terá que ir ao hospital", disse Mourinho, na entrevista coletiva após a partida.